Água fresca... para ideias com sede...

quinta-feira, maio 10

UMA EXPERIÊNCIA ORGÁSTICA

Mas quem é que me manda ler! Li e tornei a ler e entendi a frustração dos homens. Coitados!
Katrina Caslake achou o parto divino, até mesmo orgástico. Uma experiência muito sensual. Esta enfermeira deu à luz, sem epidural, os seus dois filhos, hoje com 17 e 18 anos. "Todas as minhas zonas erógenas estavam estimuladas. Dava gritos muito próximos dos do orgasmo. Estava a viver o que de mais feminino pode ser dado a uma mulher, e foi fantástico".
As mesmas recordações tem Frederika Deera. "Aquela experiência encheu-me de uma euforia incrível. Era o nirvana".
No Birth Center, sul de Londres, é aconselhado vivamente o parto sensual. "Se os casais concordarem, praticamos massagens dos mamilos e do clitóris para provocar as contracções, favorecer a abertura do colo do útero e da vagina e contribuir para aliviar a dor e transformar o parto num momento de prazer até ao êxtase". Ali são descritas, em pormenor, fantasias das mulheres, em trabalho de parto, as quais descrevem o romantismo e as relações sexuais como "vagas de prazer" e "orgasmos cósmicos" na altura do parto.
Agora entendo eu o prazer dos benfiquistas quando, aos domingos, vão dar à luz! E o recalcamento dos homens por não terem orgasmo, só possuírem ADSE!
Descubram o vosso ponto G e deixem de pensar que vos consideramos perversas ou anómalas só porque admitem que têm sensações sensuais e sexuais durante o parto. Cada vez gosto mais das mulheres porque não têm medo de libertar os afectos e os prazeres.

1 comentário:

Toke disse...

Haja Phoneutria Nigriventer!!!

Related Posts with Thumbnails